No que diz respeito ao orgasmo, mesmo que já tenhas uns movimentos e truques na manga, não custa nada experimentar novas sensações. Estas novidades, introduzidas na vida sexual do casal, ajudam a criar e fortalecer laços entre vós.

Tentar novas posições faz com que fiquem completamente focados no momento – que é o elemento chave para o alcance do orgasmo. A sexóloga Annete Gates, sediada em Nova Iorque, defende que “Brincar com posições sexuais e demorar o seu tempo para alcançar a excitação faz com que o corpo se deixe levar para diferentes caminhos de obtenção de prazer.”

Com este pensamento em mente, apresentamo-vos 5 posições aprovadas pelos especialistas para facilmente chegarem ao destino ORGASMO. Cada uma delas tira o maior partido da vossa anatomia e permite uma mãozinha livre para estimulação extra. Experimenta uma destas, esta noite, e prepara-te para ir até às nuvens!

1 – Técnica de Alinhamento Coital (Coital Alignment Technique = CAT)
Como fazer: Começa por te colocares em posição de missionário, mas move-te sobre a tua companheira para que a tua pélvis fique num ângulo superior à dela. A base do teu pénis deve pressionar o clitóris enquanto te movimentas para cima e para baixo.

Porque funciona: “Este ângulo permite que o membro masculino estimule o clitóris,” explica Vanessa Marin, uma terapeuta de relacionamentos norte-americana. “A estimulação constante do clitóris ajuda muito a alcançar o clímax”.

+ Como estimular o clitóris

2 – Montada
Como fazer: De frente um para o outro, ela senta-se ao teu colo, abracando as tuas ancas com as pernas, enquanto a penetras. Toca-lhe nos seios, mamilos, clitóris enquanto te movimentas. Ou pede-lhe que se acaricie a ela mesmo enquanto a observas. É muito excitante!

Porque funciona: “Uma posição sentada dá acesso ao clitóris durante a penetração,” explica Marin. A parte inferior da vagina está recheada de terminações nervosas – algumas delas a partir do clitóris. Mesmo que a penetração não seja profunda, será fantástica. E o contacto visual constante é extremamente erótico.

3 – De Quatro, mas com mãos na cintura
Como fazer: Nesta variação de uma das posições favoritas de qualquer casal, o homem deve ficar com as mãos na cintura dela para controlar o ritmo.

Porque funciona: Esta posição favorece o alcance do Ponto G. Assegura-te de que comunicam como ela está a sentir o ritmo, se quer que aceleres ou diminuas a frequência. Começa devagar e vai acelerando, seguindo as indicações da tua companheira.

+ Ponto G – mito ou realidade

4 – Conchinha de lado
Como fazer: Deitem-se de lado, ficando o homem atrás da mulher, em conchinha, com os joelhos ligeiramente flectidos. A mulher deve levantar ligeiramente a perna que está por cima, enquanto a penetras. Podes também usar a tua mão para estimular-lhe o clitóris, ou sugerir-lhe que o faça.

Porque funciona: A conchinha simples é sempre muito agradável. Permite vários tipos de orgasmo: clitorial, vaginal e anal – ou todos os três, se é um tipo ambicioso. Bónus: esta posição permite a conquista de um segundo orgasmo! Como, após o orgasmo, as regiões circundantes da vagina ainda estão cheias de fluxo sanguíneo, não precisas de muita estimulação para chegares ao segundo round. Alguns movimentos serão o suficiente e a posição não necessita de posturas acrobáticas que seriam cansativas depois de um orgasmo.

5 – Missionário com suporte
Como fazer: A tua companheira deita-se de costas com as pernas fora da cama e os pés apoiados no chão. Coloca umas almofadas debaixo dos seus quadris e penetra-a.

Porque funciona: Este ângulo permite uma estimulação de Ponto G, enquanto os pés dela dão-lhe mais controlo  no ritmo dos movimentos. Assim, ela pode ajudar-te a coordenar o orgasmo. Bónus: as mãos dela estão livres para acariciar o clitóris ou usar um vibrador ou estimulador para aquela excitação extra.

Ilustrações de Anna Davies

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *