Desde a famosa cena em que Meg Ryan finge um orgasmo em pleno restaurante que os homens se perguntam – secretamente – se ela teve mesmo um orgasmo ou se está a fingir para o fazer feliz.

Se esta dúvida te assola, não tenho boas notícias. Pois se não consegues distinguir entre um orgasmo real e um fingido, talvez nunca tenhas proporcionado o verdadeiro êxtase.

E se ela sempre fingiu o orgasmo?

Apesar de não ter sido desenvolvida nenhuma pesquisa aprofundada sobre a frequência com que as mulheres omitem a verdade debaixo dos lençóis, um pequeno estudo apontou para alguns números preocupantes. Neste estudo, 80% das mulheres responderam que já fingiram o orgasmo, em algum ponto das suas relações; 25% fazem-no quase sempre.

Deprimente, não é? Todo aquele esforço e climax, são ensaiados?

“As mulheres fingem o orgasmo pelas mais diversas razões. Algumas sentem-se inseguras pelo facto de não atingirem o climax (por vezes, ou nunca), e preferem fingir para não confessar.” diz Marin. “Ou então querem amaciar os egos dos seus companheiros e fazê-los pensar que fizeram um bom trabalho.” Outras mulheres fingem o orgasmo para que a relação sexual termine por aí. Às vezes, esta é uma solução mais fácil.

Antes de começares a tomar shots de bebidas brancas para te esqueceres destes factos, repara se a tua companheira está a usar alguns destes truques. Fica atento aos sinais e – melhor ainda – tenta resolvê-los e fazê-la chegar a um clímax real.

+ 10 Passos Para Tornar a Tua Mulher Mais Selvagem na Cama

1. Ela vem-se ao mesmo tempo que tu 
Não digas que não te avisei: enquanto os homens conseguem chegar ao orgasmo num abrir e fechar de olhos, as mulheres levam sempre mais algum tempo. Como refere Marin, no que diz respeito ao sexo, as mulheres demoram cerca de mais 15 minutos a atingir o clímax. Deves ser paciente, apostar nos preliminares, para que ambos possam usufruir verdadeiramente desse momento a dois. “Ela pode fingir por ficar preocupada se parecer que está a demorar muito” diz Marin. Faz com que ela se sinta confortável na sua própria velocidade, deixa-a guiar-te.

+ 15 Minutos – Consegues Aguentar Até Ela Atingir O Orgasmo?

2. Vem-se não se sabe de onde
Se a tua companheira vai de um estado de quase completo repouso, pouca excitação, para um orgasmo cósmico, tens todo o direito de levantar a dúvida. Sim, ela pode ter conseguido um orgasmo espontâneo, mas é pouco provável. Ao invés, pode estar apenas a tentar terminar com o seu “suplício”, especialmente se lhe disseste que estás quase a vir-te. “Faz com que ela saiba que estás interessado em saber o que a excita, e que te motivas para a fazer chegar ao orgasmo”, aconselha Marin. Isto fará com que ela se concentre mais no seu prazer e menos em atingir o clímax.

3. Não a sentes contrair-se
Provavelmente, em ocasiões em que lhe tocavas ou que lhe fazias sexo e, antes de chegar ao clímax, sentes que os seus músculos vaginais se contraem. Da próxima vez que estiverem numa relação sexual, antes que ela termine, esforça-te para sentir as suas contracções. O Dr. Kat Van Kirk, consultor marital e terapeuta sexual defende que uma mulher  – quando realmente está a sentir um orgasmo – não consegue controlar as contrações dos seus músculos vaginais. Se não a sentes apertar à volta do teu membro (ou dedos), ela pode não estar a sentir um orgasmo.

4. Ela geme alto, muito alto
É natural que, ao atingir o orgasmo, nos tornemos um pouco mais ruidosos. Estamos suados, excitados e a exteriorizar sonoramente o nosso prazer. Mas se a tua companheira te está a berrar ordens de comando, a dizer Sim! repetidamente e a alta voz, é provável que esteja a  ensaiar para o Óscar. Dr. Kat comenta que ela também pode nunca ter tido um orgasmo e esteja a tentar recriar algo que viu num filme ou ouvir falar que era assim que se sentiam os orgasmos. Faz com que ela perceba que te interessas pelo seu prazer – que valorizas o seu prazer. Acrescenta alguns brinquedos sexuais à tua relação. Podes começar por brinquedos como anéis penianos e estimuladores de clitóris. Procura posições que estimulem directamente o clitóris, para aumentar a sensação de prazer.

+ Como estimular o clitóris

5. Ela não se masturba
Pode não saber se ela explora o seu prazer a solo com frequência, mas vale a pena perguntar.  Normalmente as mulheres descobrem os seus próprios pontos erógenos e como manuseá-los quando se masturbam. Sugerimos que descubras o que realmente a faz ir às estrelas, e a melhor forma é ser ela a mostrar-te. Uma vez mais, precisas de ser sensível e paciente em relação ao assunto. Ainda é tabu em muitos casais. A tua companheira uma auto-estima, pelo facto de não atingir o orgasmo quando estão juntos.

Talvez a melhor forma de melhorarem a frequência dos seus orgasmos será a da repetição dos gestos que a excitam durante a masturbação. Apostar nos preliminares, com a mesma técnica que ela usa para se masturbar, é uma excelente opção. Cada pessoa é responsável pelos seus próprios orgasmos, e ela deve mostrar-te como costuma chegar lá. Por isso também lhe podes oferecer um vibrador e incentivá-la a procurar e descobrir o seu prazer a solo. Os brinquedos sexuais e a masturbação potenciam mais e melhor sexo entre o casal. Esta é uma verdade mais que testada, por trazer alívio de stress, físico e emocional, acabando por aproximar o casal.

Agora é treinar as dicas para que a vossa comunicação funcione, dentro e fora da cama. E não será necessário nem mais um “ai” encenado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *