É a profissão mais velha do mundo. São anos de sabedoria de como satisfazer um homem, que Mirella Mancini, uma “garota de programa” brasileira, de 34 anos, com 15 anos de experiência no ramo, vem partilhar connosco.

A acompanhante diz-nos quais são as razões que levam os homens a procurá-la para sexo fora do casamento. E as minhas amigas vão aproveitar todas as dicas para que eles nem tenham de sair de casa. Aproveitem, porque desta vez é de borla.

sexo_tabu

Porque procuram os homens sexo fora do casamento? Mirella Mancini dá-nos algumas pistas para este mistério. “A maioria dos meus clientes é casada ou namora”, afirma. “Mas quando chegam até mim, reclamam da solidão dos relacionamentos que mantém”.

15 anos como acompanhante dão-lhe conhecimento sobre os desejos masculinos. Até mesmo sobre as fantasias que os homens escondem das suas parceiras. “As reclamações que mais ouço são as de que suas esposas mal tocam nos seus pénis durante o sexo oral e que fazem pouco caso quando eles querem sexo anal“, conta ela.

Mas como evitar que eles busquem prazer fora de casa? A seguir, Mirella revela 7 dicas do que eles mais gostam na cama. Aproveita e coloca em prática!

1. SEDUZ COM UM SORRISO
No meu primeiro dia como prostituta, recebi a maior lição dessa profissão: seduz o homem no primeiro contacto. Comecei a trabalhar naquele dia de cara fechada. Então, chegaram três clientes ao clube e escolheram outras colegas. A gerente ensinou-me: ao encontrar o homem, estimule-o com um sorriso. Foi canja: sorri e o quarto cliente levou-me para a cama. Por isso, esquece os problemas na hora de reencontrar o teu homem. Com um sorriso malandro, ele saberá que está com vontade de brincar!

2. MANTÉM O FOCO NO ACTO
Deixa as preocupações do quotidiano de lado quando estiverem na cama. Não adianta chamares o teu parceiro para a festa se o vais lembrar das contas a pagar, mesmo na hora em que os desejos se incendeiam. Ele perceberá que estás com o pensamento noutras situações, porque os movimentos ficam mecânicos. Há casos em que os desgastes diários já estragaram a excitação do casal. Nessas situações, se o teu homem não desperta o teu desejo, faz de conta que está a fazer amor com aquele vizinho que preenche as tuas fantasias. A tua excitação vai aumentar e ele vai responder ao fogo, para o prazer dos dois!

3. UM BOM SEXO ORAL VAI LEVÁ-LO À LOUCURA
Amiga, esta é a parte mais importante da cama! O meu segredo para deixá-la inesquecível é molhar bem a boca com saliva, roçar a língua no pênis dele e engoli-lo até a base da garganta. Começo a guardar a saliva já nos beijos. Aí, vou descendo pelo corpo dele e, quando chego ao pênis, abocanho de uma vez só. Com isso, o homem se sente o dono da situação. Mal sabe ele que sou eu quem controla esses movimentos… Eles ficam loucos!

+ Sexo Oral – 5 dicas para agradar a homens

4. NÃO ECONOMIZES NOS GEMIDOS
Isso atiça a imaginação do parceiro. Ele sente que está a dar-te todo o prazer possível. Por mais simples que esta dica pareça, as mulheres reagem pouco às investidas dos homens na cama. A melhor terapia para soltar a voz é treinar sozinha: masturbe-se horas antes da transa, até quase atingir o orgasmo. Ficas relaxada e os gemidos soltam-se facilmente no momento do sexo.

5. REALIZA-LHE FANTASIAS
Pensa duas vezes antes de recusar os pedidos do teu parceiro para inovar na cama. Isso vale tanto para os desejos simples, como fazer sexo oral, como para os mais bizarros. Já tive um cliente que adorava ter sexo vestido com as lingeries da mulher. Ele comprava as peças mas ela ficava com vergonha de usar porque achava que era coisa de prostituta. O sonho dele era que a mulher tivesse coragem de realizar a fantasia. Enquanto isso, era comigo que ele se satisfazia.

6. COMO EXPLORAR OUTRAS ÁREAS DO CORPO DELE COM SEGURANÇA
Assim como as mulheres, os homens também têm terminações nervosas no anús e tremem de prazer quando são tocados lá. Nem por isso são gays. Eles só querem sentir algo diferente. Descubro se o cliente quer isso durante o sexo oral. Enquanto toco o membro, reparo se ele empina o quadril. Se isso acontecer, sei que posso avançar! Mas vou com calma. Primeiro passo os dedos de leve na região. Se ele retrair os músculos da perna, paro por aí. É sinal de que não gostou da  brincadeira. Mas se ele não faz nada, dou uma lambidinha de leve ali. Geralmente, dão uma gemidinha de prazer nesse momento.

7. SE ELE DEIXAR, VAI MAIS FUNDO
Após a ousadia de tocá-los na região do anús, pergunto se querem ir mais fundo: encosto um dedo por vez. Só aí ofereço um brinquedo para introduzir lá. A maioria aceita e aprecia a brincadeira. Mas, no fim da actividade, vestem-se e vão-se embora sem muita conversa. Eu entendo a reação. O assunto ainda é tabu. Mas uma esposa cúmplice, que faz estes jogos sem macaquinhos no sótão, conquista imediatamente o parceiro! Já atendi um homem com cerca de 40 anos que me procurou porque estava em jejum com a esposa há meses. No nosso segundo encontro, fiz uma incursão até à porta traseira dele e depois penetrou-me. O cliente gostou tanto da experiência que me apresentou à esposa. Queria que eu a ensinasse a fazer o mesmo com ele. Transamos a três e depois disso, percebi que os dois estavam bem animados com a retoma sexual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *