No que diz respeito a sexo, não há nada pior do uma “travessia do deserto”. Claro que há formas de tratar do desejo, cada um por si, mas basta ter tido uma boa experiência a dois para sabermos que numa comparação entre a auto-satisfação e uma relação sexual, esta última ganha a milhas.

Para além do prazer em si, os efeitos do celibatário involuntário podem ser piores do que imaginas. Não ter sexo pode refletir-se no teu corpo das mais variadas formas. Uma temporada seca pode trazer muitos contratempos. Este facto é especialmente verdade no que diz respeito ao sexo feminino, que sofrem mais psicologicamente com esta falta do que os homens.

Aqui ficam alguns sinais de que uma mulher não tem sexo há algum tempo, assim como as razões que podem provocar a sua falta de líbido.

1. Baixa de auto-estima

Quando não tens relações sexuais há demasiado tempo, a tua auto-estima pode levar um abanão. Em especial se esta ausência de sexo foi antecipada por um período em que as relações sexuais aconteceram numa base regular. A “seca” pode fazer-te questionar se ainda és atraente ou se estás a ser valorizada.

2. Memória mais fraca

Não ter sexo pode afectar a tua memória e capacidade de te lembrares de coisas simples, do dia-a-dia. Se não tens relações sexuais há muito tempo, esse facto pode ocupar a tua mente e dominar os teus pensamentos. Como resultado, focas-te menos noutros aspectos da tua vida.

+ 7 truques para apimentar a tua relação

3. Falta de sono

Quando o teu cérebro está em constante movimento, pode tornar tarefas simples mais difíceis de concretizar: como dormir, por exemplo. Os estudos demonstram que o sexo ajuda a adormecer mais depressa. A falta de sono tem também um impacto negativo na tua líbido, o que pode contribuir para uma espiral descendente. É irónico que o aumento de pensamentos sobre sexo pode contribuir para a falta do mesmo. Mas é assim que o nosso corpo e mente funcionam.

4. Defesas em baixo

Pode soar estranho, mas não ter sexo aumenta as probabilidades de ficares doente – e potencialmente diminui a tua esperança de vida. A razão está relacionada com a falta de sono: se não dorme o suficiente, o risco de contraíres uma doença aumenta. Os estudos também revelam que que tem uma vida sexual saudável, normalmente vive mais anos.

5. Medicação

Alguns medicamentos e tratamentos, necessários para determinadas patologias, podem contribuir para a diminuição da actividade sexual. Há imensas bulas onde se pode ler o  possível desafortunado efeito secundário de baixa de líbido. Se não queres prescindir do desejo sexual, fala com o teu médico antes de iniciares qualquer tratamento.

+ Como funcionam os estimulantes vaginais

6. Menos sociável

Este é outro facto irónico resultante da falta de sexo. De forma a quebrares esta “seca”, precisas de interagir com outras pessoas, mas a falta de relações sexuais também te torna mais introvertida. Este é mais um contra-senso de uma vida sexual adormecida.

7. Mais descuidada

Não é verdade que toda a gente que deixa de ter sexo se torne desleixada com o seu aspecto. Mas se não fazes exercício regularmente, a falta de sexo pode levar ao aumento de peso. Em média, uma pessoa queima 100 calorias durante a relação sexual. Pode não soar a uma grande quantidade, mas faz diferença ao longo do tempo. O exercício físico realizado ao longo de uma relação sexual ajuda também a combater parte dos restantes sintomas.

+ 7 truques para aquecer o ambiente

8. Envelhecimento precoce

Não ter relações sexuais durante muito tempo pode ser stressante, e o stress acelera o envelhecimento. A líbido diminui com a idade, o que volta a ser uma “pescadinha de rabo na boca”.

Pois é, há muitas desvantagens em não manter uma vida sexual saudável. Se te vês a entrar num deserto, procura um oásis e goza com maior frequência. E lembra-te, sózinha é muito bom, mas acompanhada é uma festa!

Vê os nossos brinquedos para casais, para todos os gostos e tamanhos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *