O sexo faz parte da vida de todos e, como tal, também é legislado. Para além do óbvio, como a idade de consentimento e o que é considerado crime, existem leis que são dignas de um prémio de criatividade.

Juntámos as leis mais bizarras de vários países, e até estamos a pensar em enviar algumas propostas para os nossos legisladores…

Tem mau hálito? No Minnesota, a sua mulher pode obrigá-lo a lavar os dentes, e tem a lei do seu lado.

Em Liverpool, Reino Unido, é legal fazer topless se estiver numa loja de peixes tropicais.

Em França, no séc. XVIII, as prostitutas seriam poupadas ao castigo pelo sua profissão escandalosa se se juntássem à ópera.

No Perú, o uso de molho chili ou outros picantes é proibido na prisão,  pois são-lhes atribuídas propriedades afrodisíacas e podem despoletar o desejo sexual.

+ 10 comidas que aumentam o teu apetite sexual

Em Birmingham, no Reino Unido, é ilegal que um homem e uma mulher tenham sexo nos degraus de uma igreja, depois do pôr-do-sol. Presumivelmente, não há problema se for à luz do dia…

Há seis mil anos, no Egipto, um homem que fosse condenado por violação seria completamente castrado.

Em Espanha, no séc. XVII, os pés descalços de uma mulher não poderiam ser vistos por mais ninguém sem ser o seu legítimo esposo. Uma mulher poderia expor os seios, mas os seus pés eram considerados demasiado eróticos e deveriam ser cobertos na presença de outros homens para além do seu marido.

Na China, uma mulher não pode andar nua no seu quarto de hotel. Apenas o poderá fazer no w.c. No polo oposto, há uns anos, no Tibete, a lei exigia que todas as mulheres se prostituissem. Era visto como uma forma de ganhar experiência sexual antes do casamento.

No Bangladesh, é ilegal assistir a filmes com cenas que simulem o acto sexual, ou onde se veja a zona púbica de mulheres ou homens. A lei também não permite que se mostrem beijos no ecrã, em qualquer filme que inclua actores deste país.

Em Pompeia, Itália, as prostitutas deveriam pintar o cabelo de azul, amarelo ou vermelho para poderem exercer a sua profissão.

Há até um site – WeirdSexLaws.com – que compila leis (algumas delas ainda em vigor) que são dedicadas aos aspectos sexuais da vida humana (e até dos animais). Este site é mais focado nos Estados Unidos, onde é possível ter leis diferentes de Estado para Estado. Em 18 desses Estados, é ilegal praticar sexo oral

Por exemplo, no Alasca (EUA), os alces não podem ter sexo nas ruas da cidade… Em Los Angeles, California, os animais não podem copular na via pública se estiverem a menos de 500 metros de um bar, escola ou local de culto.  Na Califórnia, nem cães nem gatos podem ter sexo sem uma autorização.

No Nevada, a prostituição é legal, mas é crime ter relações sexuais sem a protecção de um preservativo.  No Ottumwa, Iowa, é proibido, dentro dos limites da cidade, um homem piscar o olho a uma mulher que não conheça.

No Kentucky, as mulheres não podem andar de fato-de-banho numa autoestrada, a não ser que sejam escoltadas por dois agentes da lei, ou estejam armadas com um bastão.

É ilegal comprar ou possuir brinquedos sexuais, na Georgia.

No Illinois não se pode fazer amor enquanto se caça, se pesca ou no dia do seu próprio casamento.

No Indiana, os instrutores de skate (do sexo masculino) não podem ter relações sexuais com as suas estudantes. Esta infracção – conhecida como a “sedução de estudantes feemininas” – é punível por lei a apenas se aplica a professores do sexo masculino. Aparentemente, uma instrutora pode ter sexo com um estudante…

No Iowa, um homem não pode dar mais do que três golos de cerveja enquanto está na cama com uma mulher, ou se ela estiver nos seus braços.

Em Montana, uma mulher não pode dançar em cima de uma mesa de um abar, a não ser que tenha pelo menos 1,5kg de roupa vestida.

Falando em roupa, no New Hamshire, a lingerie não pode ser pendurada a secar um estendal perto do aeroporto, a não ser que as cuequinhas estejam cuidadosamente escondidas dos olhares alheiros por um tapume.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *