Analingus, a prática sexual que herdou o nome de “beijo grego” desde os tempos da Grécia antiga e ainda é para muitos  um mistério. Trata-se de estimular o ânus com a língua ou com os lábios, lambendo ou beijando esta  zona respectivamente.

Seja por o considerarem uma zona proibida, imprópria, não natural ou até mesmo nojenta, muitos casais torcem o nariz e nem cogitam explorar o ânus como uma forma de preliminares.

O facto é que é uma das zonas mais erógenas no corpo, super sensível, cheia de terminais nervosos e com muito prazer tanto para homens como para mulheres. Aliás toda a região anal (glúteos incluídos) é super sensível ao toque, ao calor e à estimulação.

Sexo Anal – 8 coisas que precisas de saber

Então para que não hajam dúvidas desse lado eis algumas dicas que podemos dar para que adiciones o beijo grego na hora do sexo!

  1. Higiene

Parece básico mas é essencial. O casais que praticam sexo anal sabem como é importante esta etapa. Basta lavar bem esta zona do corpo externa e/ou internamente e garantir que não existem feridas ou outro tipo de lesões da pele que possam provocar qualquer desconforto ou comprometer o prazer. Lembra-te: o ânus também transmite DST’s por isso vale a pena sempre prevenir. Existem inclusive bombas para duche anal para caprichares na higiene, convidamos-te a visitar a loja online e lá encontrarás todos os modelos disponíveis.

2. Mãos, lábios e língua: Os 3 mosqueteiros do prazer.

Nada é mais poderoso que um beijo, seja em que parte do corpo for. O beijo grego nada mais é do que isso, usar os lábios para beijar, a língua para estimular e excitar. As mãos também podem ter um papel importante (já que estão livres) para alcançarem outros pontos fortes de desejo.

Os casais que praticam sexo anal sabem o quão importante é o relaxamento antes da penetração por isso é mais uma fonte de prazer para ambos a explorar, mesmo que a penetração anal  não seja a vossa praia.

3. Posição ideal

Qualquer posição que der acesso ao bum bum é bem-vinda. Há quem prefira colocar-se de quatro, o famoso doggy style, outros preferem de barriga para cima ou em pé, segurando os tornozelos. Aqui o que conta é que ambos estejam confortáveis.

Beijo grego nelas:

  • Começa por explorar o corpo dela até aos glúteos e aí aproveita para usar as mãos para acariciar, apertar ou podes começar com uma massagem erótica.
  • Vai beijando lentamente toda a zona genital até chegares ao ponto desejado.
  • Faz movimentos circulares com a língua ao redor do ânus. Usa-a também para a lamber suavemente. A sua textura e o calor são altamente excitantes.
  • Quando o prazer começar a subir está na altura de usares as mãos. Usa-as para estimular o clítoris, ou para introduzires os dedos na vagina. Sucesso garantido!

Beijo grego neles:

  • Uma massagem com as mãos ou com o corpo é sempre um bom ponto de início.
  • Viaja no corpo dele com a boca beijando ou dando mordidinhas leves até à zona genital.
  • Chegada aí podes começar por beijar o ânus, usar a língua em movimentos de vai-vem entre os testículos e o ânus ou somente ao seu redor. Tal como nas mulheres o calor e a textura são bons parceiros para a excitação.
  • Enquanto estás dedicada a lambê-lo, usa as mãos à vontade no pénis para o ir masturbando e, se for caso disso, para o colocar no ponto para um sexo oral incrível!

A saliva e a tua imaginação são os teus melhores aliados! Se não quiseres correr o risco de desidratar a meio, uma outra dica muito importante e que ajuda a aumentar o prazer do beijo grego é usar um gel anal comestível.

Esta novidade não só tem um efeito calor como um cheirinho a menta super excitante na hora de provar!

gele excitante anal analingus orgie greek kiss

Bons beijos e até à próxima. Sejam felizes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *