Tens 10 minutos livres? Estão os dois cheios de vontade? Então aproveita estas dicas.

Quando o tesão chega a um nível de intensidade que faz com que o casal deseje algo mais carnal e menos romântico, já sabemos o que significa: uma rapidinha. Bem selvagem e sem muitos blá-blá-blá – até dispensando os preliminares, uma quequinha rápida pode ser tão boa quanto aquela que requer muito mais tempo.

Mas até para uma rapidinha convém ter arte. Certas posições melhoram em muito a tua performance a o prazer de ambos. Em relação à roupa, ajuda se ela usar um vestido ou saia.

De Pé

Um clássico que não precisa de muito: o homem chega por trás para penetrar a parceira. Podes encostar-te à parede para dar mais equilíbrio. Se levantares a perna dela, o prazer aumenta.

De frente

A força de braços (e pernas) é fundamental nessa posição. O parceiro levanta a companheira para a penetrar enquanto ela abraça o seu pescoço. E ah! O esforço vale a pena, a posição é uma delícia 😉

De quatro

Esta é aquela posição que funciona sempre, com roupa Essa aqui não tem erro! Sexo de quatro é incrível de qualquer jeito, até mesmo na hora de uma rapidinha já que o prazer na hora da penetração é intenso.

Deitados

No melhor estilo selvagem, a mulher deita-se de costas enquanto o homem a penetra por trás. Vantagens: tanto dá para o sexo clássico quanto o anal! No caso do último, não se esqueçam da palavra-chave: lubrificação!

Missionário

A posição mais clássica e sempre adequada para qualquer ocasião. Não requer muito esforço de nenhuma das partes, é saborosa e muito boa.

Agachados

Esta posição é óptima para sair um pouco da rotina e ainda assim fazer da rapidinha um sucesso. Não é complicada e dá imensa excitação!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *