Experimentei a última geração de vibradores e nem queria acreditar!

Existem muitas coisas que fazem com que uma relação de longa distância funcione, além das mais básicas como – a comunicação, honestidade e a confiança. O sexo é sem dúvida o maior desafio para quem se ama e não está fisicamente perto (pelo menos tantas vezes quanto gostaria). Nestes casos a “mão querida” é a melhor amiga, tanto para ele como para ela ou então ficam-se pelos sextoys tradicionais, maaaas, já não tem de ser assim!

 

Movida pela curiosidade e pela necessidade fui tentada a experimentar um teledildónico. Parece algo tirado de um filme de ficção científica mas não, é mesmo um vibrador, mas não é um vibrador qualquer. O NORA (é o nome dele) é um dos modelos de brinquedos que a marca Lovense tem disponível para amor à distância e foi o que eu escolhi. Controlado por App com o meu smartphone, este vibrador prometia e esperei ansiosamente que chegasse.

FINALMENTE CHEGOU!

Escusado será dizer que estava em pulgas para experimentar este brinquedo, e que estava em pulgas para dar o controlo ao meu namorado que estava há 2 meses em viagem de negócios na Alemanha. Podermos conectar-nos a um nível mais íntimo quando estamos longe um do outro era uma promessa que valia a pena ter!

Na 6ª feira de manhã recebi a encomenda, tirei o NORA da caixa, pu-lo a carregar (vem com cabo USB) e corri para instalar a App. Disse mal do facebook por ocupar tanta memória no telefone mas lá consegui. À noite disse ao meu namorado que tinha uma surpresa e pedi que instalasse também a App do NORA no telefone dele. Ficou boquiaberto e alinhou (claro!).

+ Dez coisas indispensáveis para agradar a uma mulher na cama

QUANTOS ORGASMOS QUERES?

Chegou a hora da verdade. 22 horas e ambos a postos, eu em Lisboa e ele em Munique. Eu com o vibrador na mão e ele com o smartphone. Introduzi o NORA com a ajuda do meu lubrificante preferido, e disse-lhe que podia começar. Sorri na expectativa do que viria por aí e foi ES-PEC-TA-CU-LAR!

O NORA tem dupla estimulação para a vagina e para o clítoris e eu sou uma daquelas mulheres que não abdica desses pontos mágicos bem estimulados. Achei o formato do NORA super confortável, quase feito à minha medida! O silicone é macio o que tornou ainda mais delicioso o momento (já tentei outros materiais de sextoys mas continuo a preferir o silicone).

O Miguel pôs-se a brincar com a aplicação, a mudar de ritmo e aumentar a rotação da cabeça, que tem três padrões diferentes e que toca ainda noutro ponto – o grande e fantástico G. O coelhinho levou-me à loucura com as pérolas e ainda por cima, vibrava de forma diferente, como se fosse outro vibrador que se tinha apoderado daquela zona do corpo. Enquanto ia por uma montanha russa de sensações ouvia e via o Miguel todo divertido a mexer no telemóvel e a ver-me a contorcer-me toda na cama com o NORA.

+ Lubrificante íntimo: Como escolher?

Atingi o orgasmo em 10 minutos tal foi a potência e o estímulo que o meu namorado deu àquilo! Insisti para que continuasse agora com menos velocidade porque estava sensível. Queria saber o que o NORA tinha para dar e passado 5 minutos tive outro ainda mais intenso, e outro, e outro.

SEM FÔLEGO

4 orgasmos depois, eu estava com um sorriso de orelha a orelha e ele a sorrir para mim. Eu adorei a experiência e ele também. Ficámos felizes por podermos ter aquele momento a dois, após algum tempo de estarmos separados e sem troca de afectos mais íntimos (saudades!). Disse-lhe que podíamos subir a fasquia da próxima vez com o sextoy versão masculina o MAX. Mal posso esperar por experimentar!

Segundo a marca, juntar o NORA  e o MAX é a experiência definitiva para casais a longa distância! Enquanto ele se mexe ela sente tudo e vice-versa em tempo real… não é o máximo?

 

CONCLUSÕES

Já experimentei o NORA sozinha e como vibrador não ficou aquém da minha experiência a dois. Ainda me falta porém experimentar a funcionalidade com música com a app Body Chat que permite que a música controle as vibrações do brinquedo. Já me estou a ver a chegar a casa depois do trabalho, encher a banheira, levar o NORA lá para dentro (é à prova de água) e a relaxar ao som do Prince como aquela cena do Pretty Woman! (risos) 🙂

Quando experimentarmos o Max conto-vos tudo!

Beijinhos e até à próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *