Muitos homens questionam-se quanto ao seu tamanho, independentemente do estado de excitação em que se encontra daquilo que é “normal”. Mas não ter um pénis grande não é algo que deva fazer com que se sintam inseguros – o velho ditado é mesmo verdade: não é o tamanho que importa, mas sim a forma como o usas. E existem algumas posições e técnicas que podem ajudar a isso mesmo.

No entanto, se quiseres aumentar aquele “bocadinho assim”, espreita as nossas soluções: bombas, extensores e cremes. No blog damos-te mais dicas.

 + Como aumentar o pénis? Verdades e mitos

E já temos preservativos para todos os tamanhos.

A verdade é, muitas mulheres sentem mais prazer com um pénis “normal”, e lembrem-se… Sexo não é só penetração, ex. ‘inserir o o objeto A no ponto B'” diz Jessica Drake, estrela porno e educadora sexual. Por isso, se de facto quiserem dar mais prazer à vossa parceria, tentem utilizar posições em que a mulher se encontra com as pernas juntas.

+ Como medir o pénis – passo a passo

Atingir o seu ponto G

Antes de falarmos dos tamanhos dos pénis, é importante notar que as mulheres têm normalmente dois tipos de orgasmos: o mais comum é o orgasmo clitórico e o elusivo orgasmo do ponto G. O clitóris fica na parte de fora da vagina (não é necessário um pénis), e o ponto G fica alguns centímetros dentro. Isto significa que não necessitam de um membro gigante para atingir o seu ponto ideal. Garantir prazer à vossa parceira é acima de tudo escolher as posições sexuais mais apropriadas para isso mesmo.

Missionário Modificado

Evitem posições como missionário, que prejudicam a vossa habilidade de empurrar, impedindo a penetração profunda. “Se você fizer uma posição estilo missionário (que fornece a estimulação ao clitóris necessário para as mulheres atingirem o orgasmo), tente ficar deitado contra a sua parceira, bacia contra bacia.

Ao empregar esta técnica, a base do pénis vai estimular diretamente o clitóris tornando mais fácil para ela atingir o orgasmo e fazer com que o tamanho não seja um problema.

Canzana
Outra opção orgásmica: “Esta posição permite uma penetração mais profunda, para além disso, vai permitir que o seu pénis atinja o seu ponto G, dando ainda acesso direto ao clitóris” diz Jessica. A partir daqui, podem facilmente massajar o seu clitóris ou usar um vibrador com uma das mãos.

Abertura Plena

Qualquer posição que escolham, lembrem-se “dentro e fora” não é o movimento ideal para o seu prazer. “Em vez disso, tente usar um movimento onde roçam um no outro com as ancas. Estes utilizarão o máximo do seu equipamento, atingindo todos os seus pontos de prazer “, diz Jessica. Outro truque é utilizar mobília do quarto que permita com que os dois se coloquem em posições mais adequadas e confortáveis para uma penetração mais profunda. “As extremidades são perfeitas para posições populares, conhecidas por estimularem o ponto G.”

Intimidade e Carinho

Outra grande posição é com a mulher no topo. “Estar no topo coloca a quantidade perfeita de pressão sobre o clitóris e permite-lhe controlar a profundidade e o ângulo de penetração. Também se torna mais fácil para ela mover-se da forma que sente mais prazer, dando-lhe controlo em como atingir o ponto G (que, como já referi, é mesmo localizado a apenas poucos cm dentro de sua vagina)”, diz Jessica.

Por cobertura
“A minha favorita é algo que eu chamo de Canzana Especial. Eu estou de estômago para baixo, completamente deitada, com as pernas juntas. O homem penetra por trás tornando-se confortável e extremamente prazeroso.” diz Jessica Drake.

Todas as ilustrações por: Carleena Ranger.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *