Tratamento a laser promete trazer mais tensão para o canal vaginal e clarear a região. Saiba como funciona o método

Assim como a pele do rosto e de todo o corpo, a mucosa da vagina também envelhece. O envelhecimento vaginal pode trazer problemas em diversos âmbitos, como explica a médica-cirurgiã especialista em medicina estética, Carla Góes, que realiza o procedimento chamado rejuvenescimento vaginal: “Algumas mulheres, principalmente após ter parto normal, tem suas fibras da região rompidas e isso vai desenvolvendo problemas tanto na autoestima na parte sexual até chegar na perda de urina”.

O rejuvenescimento vaginal é um procedimento estético capaz de resolver alguns problemas da região íntima feminina

Foto: Getty Images

O tratamento à base de laser serve para rejuvenescer a vagina e a região dos grandes e pequenos lábios. Quem sofre de frouxidão e secura vaginal, além daquelas que se incomodam com o escurecimento na área pode se submeter ao procedimento.

E estas eram as críticas de Maria*: “Achava que tinha ficado escura a região externa e mais flácida internamente. Queria melhorar na relação sexual também”. Muito vaidosa, preocupada com os cuidados do rost e corpo, ela acreditava que a região íntima poderia melhorar.

Como funciona o rejuvenescimento vaginal?

No tratamento, um aparelho de acrílico em formato fálico é inserido na vagina e emite um tipo de laser específico para atuar na mucosa. “A agressão do laser gera um processo inflamatório na mucosa e o organismo responde fazendo com que tenha a formação de colágeno na região”, explica a médica sobre a renovação que o tratamento faz.

O procedimento deve ser feito uma vez por mês, e Carla diz que em duas ou três aplicações são necessárias para o tratamento completo. “Tem um rejuvenescimento sem intervenção cirúrgica, sem pontos, sem sofrimento por que não causa dor, só um incômodo e são dez minutos”, conta Carla.

Maria diz ter ficado surpresa com a rapidez do processo: “Foi muito rápido e tranquilo. Um leve desconforto interno e externo, incomodou um pouco na hora”. (Continuar a ler em Amor e Sexo)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *