Os teóricos da internet concordam universalmente num ponto: a primeira coisa que os humanos fazem com nova tecnologia é sexualizá-la. A indústria do sexo é a mais rápida e persistente em adoptar as nova tecnologias. Então, agora que tudo pode ser wireless, utilizar app e interfaces, enviar  e visualizar fotos e vídeos através da internet, não se pratica já verdadeiro cybersex?

A resposta é sim, especialmente se for com a utilização de um brinquedo teledildonico.

Os teledildonicos / cyberdildonicos possibilitam sexo remoto com um realismo sem precedentes, em tempo real? São o futuro dos brinquedos sexuais? Então o futuro é brilhante!

O aumento da capacidade e distribuição de banda larga, as plataformas de streaming disponíveis na web tornam este tipo de brinquedos muito apetecíveis.Os smartphones, e respectivas app, têm sido utilizados como transmissores portáteis e aparelhos conectáveis para brinquedos.

video_distancia

“Teledildonics” refere-se a encontros sexuais, via web, com um parceiro (real ou virtual). O termo tem sido utilizado para muitas invenções, desde o fato de realidade virtual aos vibradores de controle remoto. Inicialmente talhado em 1975 por Ted Nelson no livro Computer Lib / Dream Machines, mas a palavra é muito associada ao livro de Howard Rheingold – Virtual Reality. Há um capitulo intitulado “Teledildonics”, onde ele fantasia sobre sexo virtual via internet. O termo também pode se referir à integração da telepresença com atividade sexual que essas interfaces tornam possível.

“Teledildonics” é usado para descrever qualquer objecto sexual que seja controlado por ou através de um computador. Estes brinquedos traduzem dados digitais para sensações físicas transmitidas por aparelhos em tudo semelhantes ao sextoys tradicionais.

video_dona

Isto permite que as pessoas tenham sexo à distância, mas em tempo real, com um parceiro. Podem controlar as funções do brinquedo do outro, sincronizá-los com outros brinquedos ou entrar em acção com as actrizes de um filme.

revolution

As funções podem ser pré-programadas ou memorizadas, após o acto, para mais tarde recordar as mesmas sensações.

Como é que funciona? Damos um exemplo: o Gonçalo está no Brasil e a Rita em Portugal. O Gonçalo usa software para manipular o vibrador da Rita. E ela, ao longo da sua excitação, transmite ao masturbador do Gonçalo todos os seus arrepios e contracções. Tudo isto acontece através da internet, e pode ser complementado por webcams.

De repente, aquela viagem de negócios já não parece tão fria e solitária…

E25591-1

As novas tecnologias podem ajudar as pessoas a estabelecer “conexões emocionais” através da web. Para além de permitir a ligação uns aos outros, a tecnologia teledildonics foi já integrada com serviços de webcam adultos e plataformas sociais.

Com estes avanços, existe já uma nova sub-categoria: os bluedildonics. Permitem que um brinquedo sexual seja controlado remotamente através de uma ligação Bluetooth.

A empresa Lovense é uma das pioneiras na indústria teledildonica. Lançado em 2013, Max e Nora foram os primeiros brinquedos sexuais interactivos controlados por app. A geração que deu início a estes produtos era a Remote Pleasure, em 2009. Rudimentar, controlada por mouse, era no entanto um dos mais poderosos sex toys. Podia ser controlado via ligação Skipe e reagia à música. Em 2011, surge iMan e iLady. Foram os primeiros brinquedos que ligavam homem e mulher através de uma ligação de internet, via computador. O brinquedo da mulher era controlado pelo homem.

E26370

Nora é o primeiro vibrador rabbit comligação bluetooth. Isto permite controlar o seu brinquedo através do smartphone, sincronizá-lo ao som de música ou oferecer o controle a um/a parceiro/a que esteja a longa distância.

A cabeça do Nora produz uma suave rotação, em 3 padrões diferentes, permitindo a estimulação do Ponto G. O corpo do rabbit tem pequenas pérolas, que massajam as paredes vaginais ao longo da sessão. O apêndice clitorial vem com um vibrador independente, para uma dupla estimulação.

É completamente à prova de água.

O futuro do sexo e das relações de longa distância já chegou: agora pode conectar o Nora ao brinquedo do parceiro (o Max) ou a outro Nora.

 

E26371

 

Max é um dos primeiros masturbadores masculinos de alta tecnologia. É também um teledildónico, um cyber sextoy.

2 bombas de ar imitam as contrações e o vibrador com 3 padrões transmite subtis vibrações ao longo do brinquedo. A imitação perfeita das contrações vaginais.

Pode ser controlado através dos botões no brinquedo, ou através da app. Com esta acessibilidade, controla e ajusta a firmeza da manga e a sucção de ar.

video_kiiroo

 

 

 

Conheça o KIIROO Onyx, o masturbador teledildónico mais avançado para o prazer interactivo à distância. Onyx traz toda uma nova experiência sensorial via internet: o toque intimo. No interior, ao redor de uma manga Fleshlight, estão 10 anéis constritores de ónix, que trabalham juntos para lhe dar a sensação de uma relação sexual em tempo real.

Pode usá-lo a solo: tem um touchpad no seu exterior, para activar os anéis deslizando os dedos sobre o mesmo. Estes anéis fazem todo o trabalho por si. Pode também manusear o Onyx, mas a maioria dos utilizadores preferem que ele faça o seu trabalho sozinho.

Também pode conectá-lo a um vibrador KIIROO Pearl ou a outro Onyx. Este masturbador recebe e envia dados a partir desses dispositivos. Tem uma ligação bidirecional, podendo tocar e sentir.

E25591-2

Para um jogo a dois, ligue-se à plataforma social KIIROO em simultâneo com o seu parceiro/a. E deixe-se controlar à remotamente. Não importa se está no mesmo quarto, ou a kilómetros de distância, pode sentir o seu toque como nunca antes.

E ainda pode usar outras plataformas, como Skype, FaceTime, entre outras. Em suma, você pode realmente sentir o toque do seu parceiro, em tempo real, em todo o mundo. Os brinquedos Lovense ligam-se ao smartphone ou computador via bluetooth, para activar o controle sem fios. Com uma ligação à internet,pode experimentar Controle a Longa Distância ou Sexo Virtual Interactivo.  Ou usá-lo a solo acedendo a conteúdos porno de realidade virtual.

Se você não quiser usar o Onyx online, pode ligá-lo ao computador via Bluetooth. O mesmo acontece com o Pearl.

E25591

Pearl é o vibrador mais avançado, especialmente desenvolvido para uma intimidade online. Tal como o seu companheiro masculino, o Onix, é um brinquedo teledildónico.

Com um poderoso motor, com 5 modos pré-programados;  formato ergonómico com curva para G spot, torna-se excelente para o prazer feminino. E os cinco anéis com tecnologia táctil colocam o prazer do seu parceiro directamente nas suas mãos.

E26372

 

Lush é um óvulo vibrador controlado por smartphone (ou smarwatch).

Como objecto de prazer discreto que é, pode ser utilizado em jogos a solo, brincadeiras em público ou para uma relação sexual à distância. Poderoso, mas silencioso.

Descarregue a app e utilize-a consoante a distância a que se encontrarem um do outro. Na proximidade física, ou a solo, basta usar o interface deslizando o dedo ou batendo suavemente no ecrã. A longa distância, utilize a app para que o seu parceio controle os seus desejos. Compatível com iPhone, iPad, iPad Mini, Apple Watch e Android 4.0 (ou mais recentes).

Pode haver alguns problemas numa relação, mas a distância deixou de ser um deles.

 

2 thoughts on “Sexo à distância”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *