Gosto muito de fazer compras on-line. Estar sentado em frente ao PC, andar de artigo em artigo, guardar no “carrinho de compras” enquanto faço comparações. É confortável, não é mais caro do que andar de loja em loja e ter de arranjar estacionamento. Todo um mundo de vantagens!

Por outro lado, como não temos os objectos à mão para “ver para crer”, temos de confiar nas fotos e descrições dos produtos. Umas vezes sou surpreendido pela positiva, outras pela negativa. Quando há um serviço de apoio ao cliente, excelente. Tiro as dúvidas, peço indicações de produtos, etc, e finalizo a compra.

No caso deste produto, a surpresa não podia ser maior, pelos resultados que excederam as expectativas. Foi uma prenda para uma das minhas amigas, daquelas cujo início de amizade se perde no passado tão distante que nenhuma de nós sabe precisar. Está casada há muitos anos, com o namorado de liceu. Sempre lhe disse que deviam “apimentar” a relação, para não deixar o casamento arrefecer.

Conselhos são grátis, e valem o que valem. Neste caso, valeu uma confissão da parte da minha amiga: o marido sofria de disfunção eréctil, e a auto-estima do casal andava pelas ruas da amargura. E, por isso, quando celebraram o seu aniversário de união, esta foi a prenda escolhida.

Escolha feita na sex shop online, pagamento enviado, e entrega feita na casa da minha amiga. A surpresa de que vos falo lá em cima é descrita no e-mail que recebo 2 dias depois, e transcrevo em parte:

«Minha querida,

Nem sei como te agradecer a surpresa que nos fizeste. O M. andava todo desconfiado, não me conseguia animar à noite e isso andava a dar cabo de nós.

Quando chegou o pacotinho que tiveste a amabilidade de escolher, confesso que me assustei com o tamanho. A primeira coisa que fiz foi procurar lubrificante, nas gavetas da cómoda. Deixei tudo juntinho ao pé da cama.

Depois percebi que o dildo tinha comando e vibração, porque enviaste também pilhas! És mesmo querida! Vai de colocar tudo, e fazer um pequeno teste com o comando.

 

Esperei que o M. jantasse, e relaxasse um pouco antes de lhe falar no assunto. Ele ficou tranquilo e curioso, já tínhamos pensado em ter um extra no quarto, para animar as coisas.

Só te posso dizer mais uma coisa: aquela cena vibratória até o ajudou a manter a erecção mais tempo! Fez-lhe bem ao ego, e a mim fez-me melhor ainda!

Foi fácil inserir o pénis dentro do dildo. E excitante vê-lo fazer isso. Tive de usar muito lubrificante, pois o tamanho do brinquedo é generoso e eu andava a faltar aos treinos… Dá para variar a velocidade de vibração, com o comando que se prende no cinto. Começamos com a mais lentinha, mas já tive coragem de experimentar na média.

Só te posso agradecer, este brinquedo trouxe mesmo muito animação. E aproximou-nos.»

Com dizia ao início, esta foi uma compra on-line que superou expectativas.

Vou comprar um para mim. Ainda não sei com quem o irei partilhar, mas depois venho cá contar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *